quarta-feira, 8 de abril de 2015

Despedida

O tempo vai passar,
Não haverá ferida,
Nem confusão,
Nem dor, nem amor.

Meus seios guardarão o calor das tuas mãos. 
Meu corpo, o teu toque; 
A boca, teus beijos; 
A língua, o sabor do teu corpo.

Na memória ficarão guardadas tuas palavras; 
As coisas vividas;
Os sentimentos adversos;
A saudade do que não pudemos levar.

Restará na lembrança, 
Alguns bons dias, o carinho, a cumplicidade;
O perfume do jantar;
O cair da noite;
Teu ressonar;
As frases não ditas;
As compras feitas;
O pôr de sol que não acabou.

Com o tempo você ainda será parte
Do que sou;
Do que aprendi;
Das horas de risos;
Do choro sentido;
Do meu caminhar;
Das pedaladas pelo mundo;
Das palavras do meu diário;

E do meu amanhecer sem teus olhos....

A viagem mais recente

algumas notas