Depois

Depois de tantas coisas,
Tantas palavras,
Sonhos,
Verdades,
Medos e descobertas;


Depois de tantos ventos,
Tantas tempestades,
Sóis, luas,
Tombos e levantamentos;

Após tantas corridas,
Tantos descansos,
Quimeras,
Ensejos,
Fracassos e realizações;

Encontrei-me perdida,
Sem rumo,
Distante,
Entre tantos espinhos de roseiras resseuidas;

Acordei solitária entre os mais belos cenários,
Sem a cor do teu corpo,
Sem o sabor dos teus beijos,
Dos teus perfumes,
Das tuas gargalhadas.

Depois de tudo,
Ainda existe muito de ti,
Muito de nós,
Muito do que sobrou aqui no meu peito.

Postagens mais visitadas