sábado, 27 de setembro de 2008

Solidão

É esta maldita palavra
Que se esculpe em minhas rochas,
Se inscreve em meus papiros,
Abalroa meus dias.

É este cinza solitário
Que toma conta dos meus livros,
Que divide minhas horas,
Alonga minhas noites.

A viagem mais recente

algumas notas