Então

A noite voluptuosa me fez desamarrar meus nós,
Desentediar meus vestidos,
Dançar uma dança.

Me fez percorrer-me sem medo,
Dedos e digitais suprindo a falta dos teus beijos,
Do teu respirar em minhas narinas,
Da tua saliva a matar minha sede.

Meu corpo estremeceu,
Poro por poro,
Numa homenagem silenciosa,
Num suspiro sem sorriso,
Na saudade ensandecida do teu corpo...
...do teu cheiro em meu travesseiro.

Postagens mais visitadas