terça-feira, 14 de agosto de 2007

Vento

O Vento está forte lá fora,
E na falta dos teus dedos,
É ele quem penteia meus cabelos.

Seu hálito gelado me cobre de saudades,
Seus braços voluptuosos me envolvem,
Me convidam e aumentam a falta de você.

E eu choro para que o Vento Amigo leve até você
O meu lamento.
O meu Sussurro.
Para que minha lágrima beije teus olhos.

E tu não te esqueças de mim...

A viagem mais recente

algumas notas