terça-feira, 3 de maio de 2016

Teu olhar

Quando me olhastes pela primeira vez,
Penetrastes nas profundezas da minha alma.
O castanho charmoso do teu olhar
Mostrou minha própria imagem refletida.

Olhei o teu cabelo desalinhado e
Senti uma gota fugidia rolando pela minha face,
Jorrando do meu coração partido,
Se esvaindo pelo ar.

Você me olhou e me viu tremer quando
Um eu te amo escapou dos meus lábios.
Sem jeito calei as outras palavras,
Esperando que tua boca falasse pela minha.

Olhei para o teu rosto surpreso,
Quase me exigindo uma resposta.
Eu menti.
Contei apenas o que querias ouvir


Só para desenhar um sorriso em ti.

A viagem mais recente

algumas notas