segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Verde Mar

Ao longe, velas passeiam coloridas.
Mais um fim de tarde chega
Com nuances de azul-alaranjado.
Meus olhos, apaixonados, beijam a paisagem
Enquanto meus pensamentos voam como as aves.

O mar, verde, se estende à minha frente.
Infinito.
Meus dedos percorrem as folhas de um livro,
Mas as letras só conhecem a palavra saudade.

Meu coração entra em descompasso,
A imensidão verde me lembra
A intensidade dos seus olhos.
Castanhos.

Um suspiro, um lamento.
Sem você a lua não quer nascer,
As estrelas não brilham,
Meu corpo fica vazio,
E minha alma, fria, apenas vagueia...
  


A viagem mais recente

algumas notas