quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Carta de um narciso frustrado - Egotrip

 - Ok, você venceu. Conseguiu o que pretendia.

- Jamais tive pretensões e não poderia vencer algo que eu não estava disputando.

- Acabou com o meu namoro.

- Quem acabou o seu namoro foi você mesmo com suas mentiras e sua mania de achar que pode e vai enganar a todos sempre.

- Não se importou de usar uma foto para perpetrar seu golpe fatal.

- Não me importo de usar as armas que tenho para me defender de acusações ridículas.

- Dê-se por satisfeita. Agora nunca mais eu vou ter a fulana para mim. 

- Nossa! eu não sabia que pessoas poderiam ser possuídas. Nem que alguém pode ser de outro alguém...

- Em contrapartida, você jamais vai voltar a falar comigo.

- Já não era sem tempo. Alguém tinha que te parar. Parar as suas mentiras.

- Estou indo agora mesmo à Delegacia. Você vai pagar caro pelas chantagens que armou e pela destruição enorme que provocou na minha vida. 

- A polícia não tem mais nada para fazer, por isso pode perder tempo com sua ira e sua vingança descabida. Tenho pena do seu desequilíbrio e seu destempero.

- Espero que curta o gostinho da vitória assim como eu estou saboreando o amargor dessa derrota.

- Não se pode curtir algo que não existe. Vitórias ou derrotas só cabem na vida de quem joga. Isso aqui não era um jogo, por isso não há ganhadores ou perdedores. Você se enrola em suas próprias artimanhas e coloca a culpa do seu fracasso nas outras pessoas.

- Esgota-se a chantagem que você tentou armar com todos os elementos mais covardes que uma mulher pode amealhar.

- Elementos covardes foram usados por você, quando impôs sua falsidade, suas inverdades e sua maneira manipuladora em um lugar em que não cabia nada mais que honestidade.

-  Agradeço a você pela oportunidade que me deu de conhecer o pior do gênero humano. 

- Você finalmente se olhou no espelho?

- Você é uma pessoa pérfida e sórdida, capaz das piores tramoias para acalentar sua inveja atroz.

- Pessoa pérfida e sórdida, mas que você não queria deixar em paz. Com quem quis contato mesmo depois de todo o mal que você fez. Que te perdoou e te deu uma chance para mostrar-se confiável como dizia ser. Sórdida e pérfida porque acreditou em você, mas não aceitou as mentiras e nem sua maneira de agir incorretamente com todos à sua volta. Sórdida porque te amou e te compreendeu. Pérfida porque te aceitou de volta mesmo sabendo que você não valia a pena.

- Seja feliz com os atributos que Deus lhe deu.

- Sim, eu serei sempre feliz, diferente de você que não vai ser feliz nunca, porque só sabe mentir e enganar, Só quer se dar bem. Porque é egoísta e egocêntrico e usa as pessoas quando e o quanto lhe convém.

Adeus
Já vai tarde.

A viagem mais recente

O tempo....