segunda-feira, 10 de junho de 2013

A Verdade

É que o meu corpo te deseja ardente e loucamente.
Te quer acima de todas as coisas e sonha com seus dedos
Tocando-me calma e longamente.

A verdade é que teus beijos ficam marcados na minha boca
Por horas e dias a fio...
Sem que o teu gosto se esvaia
E sua umidade se desfaça

A verdade é que minha língua te precisa,
Como as plantas precisam de água...
Necessito da sua respiração como os seres precisam de ar.

Minha alma deseja a tua,
Meus pelos dependem dos teus,
Minha alegria está no teu sorriso,
Meus caminhos nos teus olhos.
Minha vida nas batidas do teu coração.

A viagem mais recente

Plágio