quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Ausência

Publico aqui um poema que li hoje.

tudo me dói por não poder ser dividido contigo...
e tudo que me faz lembrar de você, magoa também...
é uma dor aguda, porque traz para perto a tua distância...
tornando insuportável presente a tua ausência.....

e me diga:
o que se faz num mundo destes...
que na maior parte das vezes nem sequer é mundo...
e sim um abismo que,
cruelmente, não nos deixa vislumbrar o seu fundo....
e por isso não adivinho o instante da queda...

A viagem mais recente

algumas notas