Páginas

segunda-feira, 2 de abril de 2012

Se a palavra não rasga mais os céus,
De hoje em diante ouvirás meu grito.