terça-feira, 14 de setembro de 2010

Encosta

Sussurro-te meus desejos,
Entre línguas e dentes.

Encosto-me em teus ombros,
Enquanto beijo teus cabelos.

Me abraça, Amor,
Respirando-me as palavras.

Adoça-me, Carinho,
Com a doçura dos teus olhos.

Esparrama sobre meu corpo
Suas lindas encostas
E desce pelos terrenos meus.

A viagem mais recente

Ponteiros