sábado, 10 de abril de 2010

Luzes

As luzes acesas na minha janela denunciam:
- A noite já cai sem piedade...

Meus olhos se escondem por trás da penumbra rude,
Meu corpo treme com o vazio torturante.

As luzes se acendem lá fora.
Aqui dentro, trevas.

Sua ausência me conta sobre solidão,
Sobre vazios que se preenchem apenas com seu sorriso
Macio e leve.

Como o nosso Amor.

A viagem mais recente

O tempo....