quarta-feira, 29 de julho de 2009

Retrato

Enxergo teus olhos, como num sonho.
Verdades ditas, mentiras escondidas.
Fatos e destratos.
Uma vida interrompida sem razão.

Enxergo teus olhos.
Fotografia de um tempo de querer bem,
De ilusões,
Sonhos e desejos.

Enxergo teus olhos,
Fito-os como se os visse de verdade.
E me pergunto:
- como foi que tudo acabou antes mesmo de começar?

A viagem mais recente

O tempo....