quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Rua

O vai e vem dos motores,
O cheiro de fumaça,
Pulmões em desgraça,
Olfatos contundidos por odores.

Amarelo é o dia,
Que de cinzas enche meu peito.

Maldito desenvolvimento que esconde estrelas,
Desconstruindo o progresso,
Nos fazendo acreditar em asneiras.

A viagem mais recente

O tempo....