quarta-feira, 23 de julho de 2008

Flor

Colhida em canteiros públicos,
Roubada, arrumada.
Bouquet colorido dos meus olhos,
Que me abre o sorriso,
Me deleita o coração.

Incendeia amores,
Resolve pendências,
Pede perdão,
Enfeita o leito...

sábado, 19 de julho de 2008

Atriz

Prata que te adorna,
Enfeita o corpo,
Luz que te ilumina, fria e brilhante.
Arte de encenar,
Viver,
Dramatizar na noite escura ou
Simplesmente surgir alva e doce nas tardes quentes.

Atriz que enfeita e enfeitiça,
Moça magra,
Por vezes gorda.
Pronta para cada um dos quatro atos.

Lua.

segunda-feira, 14 de julho de 2008

Diz

Me diz:
Quantos dias têm uma primavera?
Quantos anéis cabem em um dedo?
Quantos corações são precisos para suportar um inverno?

Me diz:
Onde estão os sóis que aquecem a alma?
Quantos lápis de cor colorirão este mundo cinza?
Quantos beijos transformarão os maus?

terça-feira, 8 de julho de 2008

Vermelho

É o sangue que pinga da minha boca
Ferida por palavras torpes.
Vermelhas são minhas mãos,
Marcadas pelo ontem.

Vermelho é meu coração que bate
Descompassado e desconexo.
Perdido,
Entre o nada e o lugar algum...

quarta-feira, 2 de julho de 2008

Amiga


Não deu tempo, Amiga,
De dizer o quanto te amava,
O quão importante eram suas palavras,
E como tua amizade me fazia feliz.

Não tive tempo de ler com você.
Nem de orar,
Nem de te beijar,
Nem de te sorrir.

Não deu tempo em todo este tempo
Que estivemos juntas,
De expressar,
De conversar,
De rir.

Agora não tenho tempo
Somente o tempo
Apagará a dor de não ter a felicidade
Que era passar uns tempos com você.

A viagem mais recente

O tempo....