quarta-feira, 28 de novembro de 2007

Andança

Onde quer que eu vá...

Minha vida tem sua marca,
Os passos que você trilhou,
Marcaram meu coração,
Desfizeram meus caminhos,
Me construíram,
Me partiram em duas,
Três,
Em uma inteira parte da parte que ficou de você...

De toda esta minha andança,
Minha melhor viagem foi a tua boca,
A melhor descoberta foi tua imagem,
E a pior lembrança é a tua ausência...

Por isso, meu bem,
Não deixo tua geografia fora das minhas rotas.

A viagem mais recente

Plágio